UA-83015342-1 Nascidos Para Vencer

terça-feira, 17 de maio de 2016



Ederson: tremenda segurança, um guarda redes de equipa grande, brevemente será o dono da baliza do escrete.

Lindlof: retoma a tradição dos jogadores que vindos da Suécia deixaram saudade nos adeptos do Benfica, excelente nos duelos individuais também nas dobras aos colegas da defesa a sua rapidez faz a diferença.

Jardel: com a ausência do capitão Luisão coube-lhe a tarefa de liderar a defesa do Benfica, e cumpriu com a entrega que todos lhe reconhecemos, como bónus marcou ainda alguns golos importantíssimos.

Fedja: um jogador que dá uma segurança à equipa como nenhum outro jogador do plantel, sem lesões é dos melhores do mundo na sua posição.

Renato Sanches:a sua entrada na equipa coincidiu com a melhor fase do Benfica, a sua capacidade em lutar por cada bola por cada lance como se disso dependesse a própria vida deram à equipa uma dose dd imprevisibilidade que são sempre úteis a qualquer equipa.

Gaitan: foi uma época atípica para o Gaitan enumeros problemas físicos impediram que estivesse na plenitude, no entanto Gaitan a meio gás é superior à grande maioria dos jogadores do nosso campeonato.

Jonas: ninguém terá dúvidas de que Jonas foi o melhor jogador do campeonato, 32 golos em 34 jogos é fantástico em qualquer lugar do mundo mas Jonas não se resume aos golos que marca ele é um criador de jogadas de ataque, Jonas foi o maior achado do Benfica nas últimas décadas.

Mitroglou: jogador em quase tudo diferente do seu parceiro de ataque talvez por isso se tenha complementado tão bem, é dele o golo que poderá ser apelidado de golo do 35.

Jimenez: o joker de Rui Vitória foi importante para a época do Benfica teve golos muito importantes, mss sobretudo foi um jogador em que a sua condição de suplente nunca o condicionou.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...